O embuste do PIB per capita Cubano

As duas moedas

A moeda Em Cuba existem duas moedas que circulam pelo país: o peso cubano (CUP) e o peso conversível, mais conhecido por CUC. O peso Conversível (CUC) é a moeda utilizada pelos turistas e tem a mesma paridade que o dólar.
Peso Conversível (CUC)

imagem 1

peso conversível

 

 

O peso Cubano (CUP) por sua vez é a moeda usada pelos Cubanos, a moeda em que são pagos os seus salários e que não é aceite nos locais voltados para o turismo. O valor desta moeda está fixado pelo Regime Cubano em 25 vezes menos que o Peso Conversível como é constado no quadro de câmbios fornecido pela Rádio Rebelde, rádio oficial do Regime. Embora a taxa de câmbio actual esteja em 1 dólar = 26,5 Pesos Cubanos, todo o artigo foi elaborado utilizando a taxa de câmbio de 1 dólar = 25 Pesos Cubanos.

Peso Cubano (CUP)

peso cubano

taxa conversão

 

 

O PIB per capita

Fontes: Pordata - Salário médio mensal dos trabalhadores por conta de outrem: remuneração base e ganho / Oficina Nacional de Estadística e Información, República de Cuba, Empleos y salários

Fontes: Pordata – Salário médio mensal dos trabalhadores por conta de outrem: remuneração base e ganho / Oficina Nacional de Estadística e Información, República de Cuba, Empleos y salários

 

pib per capita

Algo é muito estranho, pois segundo os dados apresentados pelo Banco Mundial o PIB per capita de Cuba está ao nível do da Bulgária que em 2013 tinha registado um PIB per capita a rondar os 7500€. Mas os salários na Bulgária embora sendo baixos face à média dos países da U.E (em 2013 segundo o Instituto Nacional de Estatísticas da República da Bulgária o salário médio foi de 846 BGN, cerca de 595 dólares à taxa de câmbio no final de 2013) são mais altos, bem mais altos que os salários praticados em Cuba. Observando com atenção as estatísticas sobre as Contas Nacionais publicadas na Oficina Nacional das Estadísticas e Información (ONEI) verificamos que o salário médio mensal dum trabalhador em Cuba era em 2013  471 pesos cubanos, destacando-se os 391 pesos auferidos pelos trabalhadores do Comércio, reparação de objectos pessoais e os 780 pesos dos trabalhadores da Indústria do açúcar. (Ver Quadro 1) Não é comum existir esta disparidade entre o salário médio em Cuba e o seu PIB per capita. O salário médio mensal em Portugal era 63 vezes maior que o salário médio mensal em Cuba, mas o PIB per capita era somente 3 vezes maior, enquanto no caso de Moçambique o salário mínimo variava entre os 2500 meticais (82,5 dólares) e os 6817 meticais (224,9 dólares) e no entanto o seu PIB per capita era mais de 10 vezes inferior ao de Cuba.

quadro 1

Quadro 1- ANUARIO ESTADÍSTICO DE CUBA 2014 CAPÍTULO 7: EMPLEO Y SALARIOS, pág. 13

 

O PIB per capita em Cuba no ano de 2013 foi de 6 893 pesos, tendo o PIB de Cuba atingido os 77 148 Millones de pesos em igual período tal como está referido nos Quadros 2 e 3.

 

quadro 2

Quadro 2- Fonte: ANUARIO ESTADÍSTICO DE CUBA 2014 CAPÍTULO 6: CUENTAS NACIONALES, pág. 24

 

quadro 3

Quadro 3- Fonte: ANUARIO ESTADÍSTICO DE CUBA 2014 CAPÍTULO 6: CUENTAS NACIONALES, pág. 17

 

 

Nesta altura surge a seguinte dúvida: Será que a contribuição dos salários no PIB de Cuba tem um peso menor que em Portugal? Analisando os dados disponibilizados pela ONEI, em 2013 os salários em Cuba corresponderam a 22 929 milhões de pesos, isto é, a uma percentagem de 29,7% do total do PIB (Quadro 4). Em Portugal o peso dos salários no PIB em 2015 correspondeu a 51% (Quadro 5). Claramente que em Portugal os salários têm maior peso no PIB que em Cuba, mas será que esta diferença provoca um tão grande desfasamento entre o salário médio e o PIB per capita?

quadro 4

Quadro 4 – ANUARIO ESTADÍSTICO DE CUBA 2014 CAPÍTULO 6: CUENTAS NACIONALES, pág. 25

quadro 5

Quadro 5 – Fonte: Público

 

 

Chegados aqui poderá surgir a dúvida em relação à moeda utilizada. os Millones de pesos referem-se aos pesos cubanos (CUP) ou aos pesos conversíveis (CUC)?
A resposta é dada pela própria ONEI que refere que moeda utilizada para calcular tanto o valor do PIB como do PIB per capita é o peso cubano (CUP), informação que é descrita na pág. 4 do “Anuario Estadístico de Cuba 2014, Finanzas”, onde é referido o seguinte: “Circulación mercantil en efectivo en CUP; Servicios de transporte en CUP; Cobros de vivienda, electricidad, gas y agua en CUP; los Salarios, sueldos y otras remuneraciones en CUP.”

Quando utilizam como moeda o Peso Conversível (CUC) tal informação é indicada, como se pode verificar no Quadro 6 em que são abordadas as contas do Turismo.

quadro 6

Quadro 6 – Fonte: ANUARIO ESTADÍSTICO DE CUBA 2014 CAPÍTULO 15: TURISMO, pág. 14

 

O PIB per capita em Cuba foi no ano de 2013 foi de 6 893 pesos cubanos, o que na verdade utilizando taxa de conversão definida pelo governo Cubano para esse ano, correspondeu a 287,20 dólares. Sendo o salário médio de um trabalhador em Cuba nesse mesmo ano de de 18,84 dólares (471 pesos Cubanos). As pensões por sua vez têm um valor médio de 259,31 pesos, isto é, 10,37 dólares, auferidas, em 2013, por 1 milhão, 677 mil e 660 pessoas (Quadro 7).

 

quadro 7

Quadro 7- Fonte: ANUARIO ESTADÍSTICO DE CUBA 2014 CAPÍTULO 7: EMPLEO Y SALARIOS, pág.11

 

Conclusão
O Banco Mundial, continua a publicar dados errados sobre o PIB per capita em Cuba, acreditando duma forma bastante ingénua que os valores fornecidos pelo regime Cubano são em Pesos Conversíveis (CUC) quando na verdade são em Pesos Cubanos (CUP). Em nome da verdade e do rigor é necessário um melhor cuidado da informação por parte do banco Mundial.

Os mais cépticos e acérrimos defensores dos regimes Socialistas/Comunistas, cegos pela sua ideologia, de certo dirão que o custo de vida para os Cubanos é muito barato, mas na verdade pelas tabelas de preços divulgadas pelo regime ficam a saber que o salário médio em Cuba dá para comprar 3,8 kg de leite em pó (é difícil para o povo encontrar leite sem ser em pó), ou então 8 kg de frango ou 24 embalagens de esparguete (500 gr). Em Portugal o salário médio dá para comprar 75 kg de leite em pó ou 330 kg de frango ou então 1822 embalagens de esparguete (500 gr). Será normal a CGTP pedir melhores salários ao mesmo tempo que elogia o regime Comunista ditatorial de Cuba?

About the author

Gonçalo Dinis