Manual de Introdução (avançada) ao Bitcoin e Blockchain em 10 passos

O bitcoin é uma unidade de conta digital – integrada num sistema de pagamentos irrevogáveis peer-to-peer por sua vez integrado num livro de contabilidade de transacções (ledger) imutável e visível publicamente, construído e validado de forma descentralizada (blockchain)[i] – com uma política de emissão monetária perfeitamente determinada e conhecida.

Partindo desta descrição percebe-se que o bitcoin é um milagre do engenho humano criado especificamente para oferecer um sistema monetário alternativo, sem a presença de um banco central nem um registo centralizado, onde a emissão monetária tem lugar para remunerar a tarefa de competição livre pela validação das transacções pelo chamados mineradores (miners) de modo a serem adicionados ao blockchain  que é construído e mantido de forma independente e em paralelo por mais de, neste momento, 6000 nós segundo um dado protocolo desenhado pelo seu criador desconhecido designado como Satoshi Nakamoto.

Para o seu uso funcional o utilizador só tem de saber que, recorrendo a um software instalado no computador ou serviço oferecido numa página da internet, tem um meio de abrir carteiras (wallet) para receber e enviar de forma irrevogável unidades de bitcoin para outras carteiras identificadas por uma chave pública (public key) para o qual é necessário uma chave privada (private key) que é encriptada no processo de envio de cada mensagem “para a internet” com uma nova transacção para ser lida e validada por mineradores e depois inserida pelos nós – cada um no seu próprio blockchain local – contendo todo o histórico de transacções.

Se o processo de abertura de carteiras não requer qualquer identificação porque se opera dentro do ecossistema do blockchain nada impede que existam serviços onde essa identificação é efectuada para cumprimento de requisitos legais ou outros. Esse é o caso de muitas casas de câmbio de bitcoins organizadas sob a forma de bolsas ou exchanges para compra e venda de moedas digitais (cryptocurrencies) contra moedas nacionais (nacionalizadas seria o termo correcto).

O intuito deste pequeno livro é descrever de forma resumida recorrendo aos conceitos inerentes mais do que às especificidades técnicas, de como funciona e ajudar a compreender porque sequer funciona de todo.

[i] https://blockexplorer.com

PS: Este é o rascunho do início do meu próximo projecto editorial.

About the author

Carlos Novais

https://pt.linkedin.com/in/carlos-novais-gonçalves-ba166b4